quinta-feira, 25 de junho de 2009

O CARMA





1- Qual a diferença entre Lei de Causa e Efeito, Lei de Ação e Reação e Lei do Carma?
Lei de Causa e Efeito e Lei de Ação e Reação são expressões sinônimas. É elementar em ciência que toda ação tem um efeito correspondente. O conceito de carma, consagrado pela filosofia hindu, transfere esse princípio para o campo moral. Problemas cármicos são aqueles decorrentes de nossas ações passadas, quando nos comprometemos com o mal.
2- O carma seria um castigo imposto pela Justiça Divina?
Deus não castiga seus filhos. Apenas os disciplina. Essa a função das Leis Divinas. Se abuso de acepipes fatalmente advirão desajustes orgânicos. Exprimem não um castigo, mas mero aviso de que não estou cuidando bem de meu corpo. O mesmo acontece em nossos deslizes morais. Os desajustes conseqüentes avisam que não estamos respeitando nossa condição de filhos de Deus.
3- Existem Espíritos superiores encarregados de fazer funcionar esse mecanismo de Causa e Efeito?
Se assim fosse teríamos uma monumental burocracia celeste que inviabilizaria o exercício da justiça em plenitude. Os mecanismos de causa e efeito funcionam na intimidade de nossa própria consciência. Fomos criados para o bem. Quando praticamos o mal é como se agredíssemos a nós mesmos, candidatando-nos ao sofrimento. ...
7- A aplicação da Lei de Causa e Efeito é igual para todos? Reações uniformes para todas as ações?
As sanções da Lei de Causa e Efeito subordinam-se às motivações e ao estágio evolutivo em que nos encontramos. Alguém que cometa um crime sob violenta emoção, em virtude de grave ofensa recebida, será menos culpado do que aquele que pratica o mesmo crime atendendo a objetivos escusos. Por outro lado, o selvagem que aniquila um adversário terá sanção menor do que o homem culto e sensível, dotado de discernimento, que venha a cometer o mesmo crime.
8- E possível amenizar o carma?
Em álgebra um valor negativo é zerado se lhe contrapusermos idêntico valor positivo, O mesmo ocorre com a Lei de Causa e Efeito, O mal que nos atinge é valor negativo nascido do mal que praticamos. Assim, podemos neutraliza-lo com um valor positivo, que lhe é contrário: a prática do bem.

Um comentário:

Conspicuo08 disse...

Óla Angela.
Muy buena entrada.
"Si tratas bien al planeta tierra sus habitantes te tratara igual"
Buen día nos de Dios.
Atte,
Conspicuo.